Bolina basculante lateral

Canoa de Tolda - Rio São Francisco Baixo São Francisco

Canoa de Tolda – Rio São Francisco. Bolina visível, inspiração holandesa evidente

Na tentativa de simplificar ainda mais o PP 135, estou estudando a idéia de bolinas laterais. Comum em barcos holandeses do século XIX, e presente, por exemplo, nas canoas de tolda do rio São Francisco. Bolinas laterais tem duas grandes vantagens: maior profundidade da bolina que fica a sotavento, portanto mais eficiente, e a ausência de caixa de bolina na cabine (espaço mais bem aproveitado na cabine, e mais segurança, pois o rasgo da bolina enfraquece o casco).

Desvantagens existem, a maior delas é a interferência entre os fluxos de água que passam pela bolina e pela linha d´água. Entretanto, o aumento de resistência é mínimo para um veleiro pequeno de cruzeiro. Outra desvantagem seria o trabalho de fazer duas bolinas, entretanto, acho que ainda é mais fácil fazer duas bolinas do que construir uma caixa de bolina segura, com cabos para levantar a bolina passando por dentro da cabine.

Abaixo coloquei uma foto de um veleiro projetado por Phil Bolger, com uma versão modernizada da bolina lateral.

veleiro projetado por Jim Michalak com bolina lateral basculante

veleiro projetado por Jim Michalak com bolina lateral basculante

O projeto da bolina lateral estará disponível para quem adquiriu o projeto do PP 135, e espero poder construi-la para testar no protótipo. Se você acha interessante esta idéia, comente!

PP 135 – últimas novidades

O Pequeno Príncipe 135 está de vento em popa. Manoel está terminando o cockpit e a cabine, e em breve vai fechar a cabine. Durante este processo, fizemos várias melhorias no projeto do PP 135, reduzindo o número de peças, reforçando o casco, e introduzindo algumas novidades, que apresentamos nas fotos abaixo:

Costurando o casco, parte 2

Hoje fechamos o casco do PP 135, terminando a maior parte da costura. Ainda é preciso fazer ajustes na proa, pois é o local onde as chapas de compensado são mais tensionadas, e as braçadeiras de plástico não dão conta, vai ser preciso usar sargentos para manter as peças no lugar.

Em cerca de 5 horas é possível fazer toda a costura do espelho de popa e das laterais. A sequencia ideal de montagem é essa:

  1. fixar as peças intermediárias ao fundo, a partir do meio do barco
  2. costurar toda a extensão da emenda, com cavilhas a cada 2 costuras, para alinhar a chapa (ver fotos)
  3. costurar o espelho de popa
  4. costurar as laterais, da popa a proa, deixando as costuras da proa mais folgadas
  5. fixar a antepara de proa e principal no lugar, com costuras folgadas
  6. costurar a roda de proa, de cima para baixo
  7. se as braçadeiras não aguentarem, use arame de cobre ou sargento para forçar o compensado a encaixar no lugar
  8. aperte as costuras de toda a proa, gradualmente

Veja abaixo a costura do casco:

PP 135 – costurando o casco

O casco do protótipo do PP 135 começa a ganhar forma. Ontem Manuel iniciou a montagem do fundo e placas intermediárias. A costura é feita com auxílio de braçadeiras de plástico e cavilhas. As fotos abaixo foram feitas na tarde do dia 7 de agosto. O casco já começa a tomar forma!

Novos projetos em andamento

interior do Open 30, acomodações mínimas para um veleiro rápido e robusto

interior do Open 30, acomodações mínimas para um veleiro rápido e robusto

Com o projeto PP 135 já à venda e com um protótipo em construção, além de diversos outros barcos em diferentes etapas, estou finalizando a preparação de arquivos para disponbilizar mais 2 projetos no site http://www.projetosdeveleiros.com.br, em breve.

O primeiro é uma lancha projetada para pesca submarina, mas que pode ser utilizada para pesca, e com uma cabine removível se transforma numa lancha de passeio com uma cabine em que duas pessoas podem dormir confortavelmente.

Em breve o plano de estudos deste barco vai estar disponível para download.

O segundo projeto é um veleiro de 30 pés, em aço ou compensado naval, com desenho moderno, voltado para o público que gosta de regatas. Com apenas 3900kg de deslocamento, desenho simlar aos Class 40, e acomodações mínimas (beliches tubulares para até 6, banheiro fechado, navstation, e uma cozinha mínima), é um veleiro rápido e estável (quilha de bulbo retrátil),  e fácil de construir (considerando as dimensões e o material). Muitos podem perguntar para que construir um veleiro cruiser/racer em aço, já que seria mais leve se feito de madeira ou fibra ( construção sanduíche). Mas de todos os materiais, para um veleiro nesta faixa de tamanho, o aço é o que oferece mais rapidez na construção, menor custo, e maior resistência do casco.

Se você quer saber mais sobre estes e outros projetos, entre em contato.

Projeto Pequeno Príncipe – versão 1.1

serie-2

Continuando o trabalho de desenvolvimento do Pequeno Príncipe 135,  uma nova versão está saindo do forno e já estará disponível para quem comprar a partir de julho de 2013. Foram feitas algumas pequenas alterações no tamanho do cockpit e cabine, e o casco foi alterado para reduzir o coeficiente prismático. Com isso se espera um pouco mais de velocidade em orça fechada e com ventos fracos. Além disso, o projeto estrutural foi refeito para reduzir o número de peças, o peso do casco e deslocamento. Estas alterações poderão ser aplicadas na primeira versão também. Quem já comprou o projeto poderá baixar os arquivos na página de downloads do site do PP 135 (projetosdeveleiros.com.br/catalogo).

Se você tem interesse em construir o PP 135, entre em contato!

PP 135 – últimas notícias

A construção do protótipo do PP 135 vai de vento em popa. Manuel, que está construindo seu barco em Florianópolis, já tem praticamente todas as chapas do casco prontas para iniciar a costura. Em breve vamos publicar fotos e vídeos desta etapa.

Por enquanto, novos arquivos estão disponíveis para download no site do PP 135 (apenas para quem tem conta, ou seja, quem já adquiriu o projeto), entre eles uma nova versão do manual de construção (com algumas correções e alterações) e um desenho com o esquema de corte das chapas de compensado, para economizar material.

Outros arquivos serão publicados com frequencia, se você está construindo o PP 135, visite hoje mesmo o link abaixo:

http://projetosdeveleiros.com.br/catalogo/?page_id=190

Se  você ainda está em dúvida se o PP 135 é para você, baixe o plano d eestudos gratuitamente no link abaixo:

http://projetosdeveleiros.com.br/catalogo/?page_id=82

Em breve mais novidades!

Gustavo Dantas

Começa a construção do Pequeno Príncipe 135

Agora é prá valer! Começa a construção do protótipo do Pp 135. A primeira peça foi fabricada dia 10 de junho, uma das placas laterais do casco. A peça foi marcada, cortada e unida com um bloco e resina epóxi em 2 horas e meia.

Se você tem interesse em construir o PP 135, baixe o plano de estudos neste link!

Assim, estima-se um total de 20 horas para cortar todas a peças do casco, longarinas e anteparas necessárias para iniciar a costura.

Veja abaixo algumas fotos:

A sequencia completa de construção está disponível no site www.projetosdeveleiros.com.br/catalogo, para quem já comprou o projeto (precisa ter login e senha).

Acompanhe a construção do protótipo do Pp 135, em breve mais novidades!

Adote um projeto

Estou iniciando esboços para um novo projeto de veleiro que seguirá o lançamento do PP 135.  Trata-se de um veleiro de 6,4m, com pretensões de ser um veleiro para mar aberto, mas com as qualidades do PP 135: simplicidade extrema de construção, boa capacidade de carga, estável, seguro e fácil de velejar, bolina retrátil para encostar na praia e rebocar com facilidade, acomodações para 4 em pernoite, pelo menos, com banheiro fechado.

A construção vai ser em compensado naval Stitch-and-glue (costure e cole), resina epóxi e fibra de vidro. O mobiliário vai ser incorporado a estrutura do casco, o lastro vai ser interno, provavelmente em cimento, possibilidade de armação carangueja ou marconi, e opção de quilha fixa.

Em breve vou publicar esboços deste veleiro. Se você tem interesse neste projeto, entre em contato  no site www.projetosdeveleiros.com.br para saber como você pode participar apoiando a construção do protótipo e o desenvolvimento do projeto.

Bons hábitos para começar o ano novo

Hoje não vou escrever sobre projetos ou materiais. O texto abaixo é uma tradução/interpretação livre de artigos de Geoffrey James, que escreve no site Inc.com.

A felicidade é a verdadeira medida do sucesso, e as dicas a seguir são sugestões de pequenas mudanças que você pode fazer em sua vida diária para alcançar imediatamente a felicidade, e chegar mais perto de seus objetivos, sejam eles profissionais ou pessoais.

  1. Comece cada dia comexpectativa: se há uma verdade, é de que a vida em geral atende a nossas expectativas. Quem almeja pouco, em geral consegue pouco. Ao sair da cama, pense que “algo maravilhoso vai acontecer hoje”. Provavelmente você estará certo!
  2. Dê um presente a todos que encontrar: Não se trata de um presente num pacote, mas um sorriso, uma palavra de carinho, um aceno. E nunca deixe um mendigo sem uma moedinha. A paz de espírito compensa os trocados.
  3. Pare de reclamar: As suas palavras tem poder, especialmente sobre você. Quando você reclama, concentra sua energia no que está errado, e isso faz com que você se sinta pior. Não fale sobre o que está errado. Fale sobre como você vai corrigir o que está errado. E faça o mesmo com seus amigos, não seja o ombro onde eles vão chorar. Amigos não deixam amigos reclamarem! Amigos ajudam os amigos a serem mais felizes!
  4. Pare de controlar: você acha que pode controlar tudo, afinal, tem experiência, sabedoria, conhecimento. Mas no final, você só pode controlar a si mesmo, e se tenta controlar os outros, é porque acha realmente que as suas opiniões e objetivos são mais importantes do que as deles. Além disso, controlar exige força, intimidação ou autoridade, coisas que não fazem ninguém se sentir em paz consigo mesmo.
  5. Presuma que todos tem boas intenções: Já que você não é capaz de ler mentes, você nunca vai conseguir dizer o “porque” por trás do “que” as pessoas fazem. Ao incutir objetivos maldosos às ações estranhas das pessoas você traz sofrimento a sua vida, mas presumir boas intenções deixa você aberto a reconciliação.
  6. Coma (ou beba) alguma coisa boa, devagar: pelo menos uma vez por dia pare para comer, ou beber algo que realmente lhe agrada, como um bom chocolate, um café, uma taça de bom vinho. Concentre-se no que você está saboreando, e esqueça as preocpações do dia-a-dia.
  7. Não se preocupe com seus resultados: o grande inimigo da felicidade é a preocupação, que aparece quando você foca sua atenção a coisas que não pode controlar. Concentre-se no seu trabalho, que você pode controlar, e não no que “pode dar errado”.
  8. Desligue a TV: é comum a gente deixar a TV ligada enquanto faz outra coisa, mas não nos damos conta que o único propósito da TV é fazer com que você se sinta insatisfeito com sua vida, para que compre mais coisas. Por que programar, sublinarmente, sua mente para ser um consumidor compulsivo?
  9. Conclua cada dia com gratidão: Antes de dormir, pense em pelo menos uma coisa maravilhosa que lhe aconteceu, seja um sorriso que arrancou de uma criança, seja um negócio milionário que você fechou. Seja grato por este dia, porque ele nunca mais vai se repetir.
  10. Diga adeus ao medo: Todos nós temos medo. Medo do que pode ou não acontecer, medo do que não podemos controlar, medo do que não seremos capazes de fazer, ou medo de como os outros vão nos observar. Assim, hesitamos, esperamos o momento certo de agir, buscamos alternativas mais seguras para realizar nossos objetivos. Enquanto isso, passam-se dias, meses, anos.  Assim como nossos sonhos. Não deixe seus medos te segurarem. Não importa o que você tenha planejado, comece hoje mesmo. Uma longa jornada começa com sempre com um primeiro passo. Dê esse passo hoje mesmo. Pronto, você já estará um passo mais próximo de seu sonho!
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 298 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: